Piercing na orelha – Tipos e ideias

0
153

Os piercings na orelha são dos acessórios mais adorados e populares nos últimos tempos! Para além de haver muitos tipos de piercings, também tem muitas jóias bem diferentes e estilosas para que possa escolher e brilhar ou então manter o estilo de forma mais discreta. Quer um piercing na orelha, mas não sabe qual ou tem medo da dor? Leia nosso artigo e inspire-se na nossa galeria de imagens!

Como se faz um piercing?

Normalmente, a perfuração é feita com uma agulha esterilizada para evitar infecções, depois é só colocar a jóia que escolheu, é bem simples mesmo. A primeira troca de jóia, caso pretenda fazer, só deve fazer depois de 30 dias quando o furo estiver já bem cicatrizado.

Colocar piercing na orelha custa a partir de 50 reais e, dependendo da jóia que quer e escolhe, pode subir até 100 ou até 150 reais, claro que brincos de ouro ou titânio são os mais caros. Menores de 18 anos só podem colocar piercing com a autorização dos pais, para além disso, gestantes, diabéticos ou pessoas com doenças de pele ou alergias na pele também não devem colocar piercing, não é aconselhado. Atenção, a aplicação de um piercing deve ser sempre feita em um estúdio por um profissional qualificado, já que a orelha é um local do corpo muito sensível.

Dói muito fazer um piercing?

Toda a gente se pergunta se colocar piercing dói muito, mas o conceito da dor é bem relativo já que há pessoas que sentem apenas um pequeno desconforto e outras que acabam sentindo bastante dor, não só no momento da aplicação, mas também nos dias seguintes. O que é certo, é que a área da orelha que vai ser perfurada influencia muito na questão da dor, pois há locais mais e menos sensíveis. Claro que se colocar um piercing for algo que está querendo muito, a dor não o vai impedir.

Cuidados necessários após a aplicação do piercing 

A limpeza é o principal cuidado é o mais importante a ter após a aplicação do piercing, tem de limpar bem e secar o local da perfuração de forma a evitar infecções ou algo do género. Para isso, pode utilizar soro fisiológico, álcool 70% ou antisséptico e deve evitar ao máximo mexer na área com as mãos já que mesmo que pense que não estão sujas podem sempre passar as baterias para a perfuração e acabar infectando.

Nos primeiros dias enquanto a cicatrização se dá vai sentir algum desconforto e vai precisar tomar cuidado com o cabelo para não puxar o brinco, com as roupas e deve evitar dormir em cima da orelha. Se por alguma razão o local começar a inflamar ou sair alguma secreção, deve procurar um médico para que receite uma pomada própria para aliviar, controlar e tratar uma possível infeção.

tipos de piercing na orelha

Tipos de piercing na orelha

Existem muitos tipos de piercing que pode fazer na orelha, como:

Tragus

O piercing no tragus perfura uma cartilagem dura que fica na parte interna da orelha. Este é um dos tipos mais populares e é super charmoso, mas também pode ser bem discreto, tudo depende da jóia que escolher. 

Anti-tragus

A posição do anti-tragus fica exatamente em frente ao tragus. Esse é um piercing mais incomum, que geralmente, é colocado para criar uma composição com outros furos.

Hélix

A perfuração na hélix é também conhecida como piercing na cartilagem, e é uma das perfurações mais populares tanto nos homens como nas mulheres.

Anti-hélix

Tal como o anti-tragus, o anti-helix fica na região oposta ao hélix. É muito comum as pessoas fazerem duas ou três perfurações nessa zona e criarem uma sequência de piercings.

Lobe

Este é considerado o furo mais comum e regular, já que é o que muitas mães fazem aos filhos logo em pequenos para botarem brinquinhos.

Lobe transversal

Neste furo, a jóia atravessa toda a parte inferior do lóbulo e fica com as pontas direcionadas cada uma para seu lado.

Counch

Este piercing foi tendência em 2020 e ainda é em 2021. É um furo feito na cartilagem interna da orelha e a jóia atravessa essa cartilagem.

Snug

Fica na cartilagem intermediária entre a parte interna da orelha e a extensão da cartilagem externa.

Industriel

O industriel é também conhecido como o transversal, é um piercing maior e acaba chamando mais atenção. A jóia atravessa toda a parte superior da orelha e por isso é necessário fazer duas perfurações.

Rook

O rook não pode ser feito em qualquer pessoa, pois nem todo o mundo tem essa dobrinha na cartilagem saliente.

Daith

O daith fica em uma parte bem interna da orelha e acaba por ficar diferente, mas bem discreto.

Depois de conhecer os tipos de piercing que pode fazer, confira nossa galeria para se inspirar no seu próximo piercing!

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui