Diferença entre queimar calorias e queimar gorduras

0
781

Sabemos que a obesidade é responsável por várias doenças, como: diabetes, problemas cardíacos e vasculares. A importância de uma dieta balanceada e a prática regular de atividade física está associada diretamente à prevenção destas doenças, inclusive a obesidade. A obesidade é uma doença crônica que se caracteriza pelo acúmulo excessivo de gordura corporal e que, para além de comprometer a qualidade de vida, também desencadeia distúrbios psicológicos como a depressão, devido à baixa autoestima. Manter o corpo em forma é importante não somente para fins estéticos, mas principalmente para o bom funcionamento de todo organismo.

Muitas pessoas acabam cometendo loucuras para emagrecer. Desta forma, comprometem a saúde, tanto quando comem em excesso ou quando deixam de comer. Seguir dietas radicais, onde há exclusão de alguns grupos de alimentos que são de extrema importância para nossa saúde não é recomendado, pois o corpo necessita de uma grande variedade de nutrientes para que possa funcionar de forma adequada e quando excluímos certos grupos alimentares, levamos o corpo a situações extremas. 

Ficamos longos períodos em jejum acreditando que desta maneira conseguiremos emagrecer, mas estamos completamente enganados. Ao ficarmos muito tempo sem nos alimentar, estamos retirando a energia necessária para realizarmos nossas tarefas, de nossos músculos. Nosso organismo armazenará tudo que ingerimos em forma de gordura, pois não sabemos o momento que iremos reabastecê-lo. Ao ser retirada a energia de nossos músculos, diminuiremos nosso índice de massa magra, o que é ruim. Quanto menos for nosso índice de massa magra, mais lento será o processo de perda de peso. Nossos músculos utilizam energia para sua manutenção, mesmo estando em repouso estamos queimando energia. Não abra mão dos lanches intermediários, o ideal é que façamos refeições de 3 em 3h, em pequena quantidade, para evitar de queime músculo ao invés de queimar gordura.

Hoje falamos da diferença de queimar calorias e queimar gordura

Quando você se exercita, seu corpo busca nas calorias recém consumidas, assim como em reservas de energia para manter nosso corpo em atividade. Se você comer menos calorias do que queimar, uma parte da energia que você gastará será retirada de gordura armazenada.

Todo alimento que ingerimos contém calorias, que significam energia, e essas calorias, ou são usadas imediatamente, ou são armazenadas como reserva de energia. Seu corpo converte calorias desnecessárias em triglicérides, que são armazenadas em células de gordura. Os triglicérides podem vir da gordura ou carboidratos. Automaticamente, qualquer caloria em excesso que consumimos será armazenada como gordura. Seu corpo usa das reservas de triglicérides para ganhar energia entre as refeições, e em geral, para ter combustível para atividades quando a energia imediata dos alimentos não está disponível. 

No momento em que damos início a uma atividade, nosso organismo utiliza primeiro as calorias disponíveis dos carboidratos. Uma vez que os carboidratos foram utilizados, os triglicérides são liberados das células de gordura para suprir qualquer necessidade de energia adicional para a sua atividade física. Como você precisa queimar 3.500 calorias a mais do que você consome para queimar 450 gramas de gordura, você está tecnicamente queimando caloria e gordura. Queimando mais calorias do que você consome, você força o seu corpo a utilizar a energia armazenada como gordura. Da mesma maneira, queimar gordura sem aumentar o seu consumo de calorias significa que o seu corpo usará mais das calorias que você consome e armazenará menos delas.

queimar calorias

Para emagrecermos temos que ingerir menos calorias do que é necessário, ao fazermos essa redução nosso organismo irá buscar energia nas calorias que foram armazenadas em forma de gordura.

Nosso corpo não para de queimar calorias, isso porque elas são essenciais para suprir as funções metabólicas, a atividade física e a digestão. Sejam essas calorias vindas de calorias imediatas ou estocadas a partir da gordura, você queimará gordura desde que mantenha um déficit calórico.

Se consumirmos mais calorias que necessitamos nosso organismo dificilmente irá utilizar a gordura armazenada, e consequentemente, engordamos. Se isso acontecer você estará automaticamente queimando calorias para manter-se em atividade e a gordura em excesso continuará armazenada.

Consulte um médico especializado, ele analisará fatores como, idade, sexo, peso, frequência de atividade física e gordura corporal para orientar qual a quantia de calorias que realmente você precisará com base nessas informações. A avaliação antropométrica é muito importante, ela serve para identificar os riscos de saúde associados aos valores muito altos ou baixos de gordura corporal, identificar o risco de saúde relacionado ao excesso de gordura abdominal, avaliar o efeito de intervenções nutricionais e programas de exercícios físicos, estimar o peso corporal ideal.

Não se esqueça ainda que a atividade física é muito importante para um estilo de vida e um corpo saudável. Tem exercícios que ajudam muito a perder peso como a caminhada, a corrida, a natação, o boxe e até rodar o bambolê. Por isso, com uma dieta equilibrada, recomendações e acompanhamento profissional e ainda a prática de exercício físico, tem tudo para conseguir um estilo de vida saudável e o corpo com que sempre sonhou. 

Confira ainda a diferença entre perder peso e emagrecer.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui