Corrida e gravidez: o que você precisa saber

0
578

A gravidez é um período muito lindo da mulher que requer cuidados e atenção, afinal todo o seu corpo sofre alterações para gerar um novo ser pequenino. Todo exercício físico faz muito bem para a gestante e para o bebe, mas é preciso fazer algumas observações, principalmente se a gestante já é uma esportista. Nesse caso as atividades são liberadas, desde que sejam feitas com cautela e alguns cuidados, pois a caminhada ao ar livre pode proporcionar inúmeros benefícios, no entanto pode também proporcionar alguns riscos como, a queda em terrenos irregulares que podem levar a sérias consequências. Será que corrida e gravidez combinam?

Primeiro trimestre

Vale lembrar que para poder fazer a corrida é preciso ter a liberação do obstetra, feito isso, é preciso observar os cuidados indispensáveis para qualquer atividade física, como monitorar a sua frequência cardíaca e ingerir bastante água, antes, durante e após a corrida. Esses cuidados são fundamentais para manter o corpo irrigado, caso contrário a gestante corre o risco de ficar desidratada, pois essa condição pode diminuir o fluxo de sangue para o útero e acabar provocando contrações prematuras. Quando o clima estiver quente e úmido, você deve evitar fazer corrida, pois a temperatura corporal pode aumentar e prejudicar o bebê.

Corrida e gravidez: o que você precisa saber

Cuidados para não sofrer quedas

Lembre-se que conforme os meses vão passando sua barriga vai aumentando e o seu ponto de equilíbrio fica mais vulnerável, portanto procure correr com um tênis adequado, e opte por terrenos planos. Mais para o final da gravidez o peso aumenta, portanto pode prejudicar suas articulações. Nessa fase opte pela caminhada que é muito mais saudável, e fique atenta a qualquer sinal de perigo. Para saber se você está exagerando nos exercícios confira alguns sintomas a serem observados:

  • sangramento vaginal
  • visão embaçada
  • náusea
  • tontura
  • sensação de desmaio
  • falta de ar
  • palpitações
  • aumento do inchaço nas mãos, pés e tornozelos
  • forte dor no abdome ou no peito
  • perda de líquido pela vagina
  • mal-estar

Confie no seu instinto e fique atenta aos sintomas, caso algum deles apareça pare com a corrida e procure seu obstetra.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui